A obra do Espírito Santo 

 

 

 

"Eis que Eu venho em meio a escuridão para trazer

vida em abundância
a todo aquele que crê no

Meu Espírito."  Jesus.

"Que os olhos sejam abertos, que os prisioneiros e

aqueles que estão na escuridão da prisão sejam libertos." (Isaías 42. 7)

O Amor .jpg

O Amor à DEUS

 

Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração,  de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.(Mateus 22:37-40)

O AMOR.

  "Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, sou como o bronze que soa, ou como o címbalo que retine. Mesmo que eu tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência; mesmo que tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tiver amor, não sou nada. Ainda que distribuísse todos os meus bens em sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, se não tiver amor, de nada valeria! O amor é paciente, o amor é bondoso. Não tem inveja. O amor não é orgulhoso. Não é arrogante. Nem escandaloso. Não busca os seus próprios interesses não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acabará. As profecias desaparecerão, o dom das línguas cessará, o dom da ciência findará. A nossa ciência é parcial, a nossa profecia é imperfeita. Quando chegar o que é perfeito, o imperfeito desaparecerá. Quando eu era criança, falava como criança, pensava como criança, raciocinava como criança. Desde que me tornei homem, eliminei as coisas de criança. Hoje vemos como por um espelho, confusamente; mas então veremos face a face. Hoje conheço em parte; mas então conhecerei totalmente, como eu sou conhecido. Por ora subsistem a fé, a esperança e o amor - as três. Porém, a maior delas é o amor." (I Coríntios 13:1-13)"

Belem da judéia I .jpg

Meu Nascimento.

Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim:  estando Maria, sua mãe, desposada com José e antes de coabitarem, concebeu por ação do  Espírito Santo. Então José, seu marido, como era justo e não querendo difamá-la, resolveu deixá-la secretamente. Pensando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo-lhe: José, filho de Davi, não temas receber a Maria por tua esposa, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo, Ela dará à luz um filho e o seu nome será JESUS; Ele salvará o seu povo dos seus pecados. Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho,  chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, que significa Deus conosco.  José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara e recebeu Maria por sua esposa.  Decorrido o tempo ela deu à luz seu filho, o primogênito, e pôs-lhe o nome de Jesus.(Mateus 1:18-25)